Mensagem de Encerramento Época 2014/2015

Meus Amigos,

Nesta altura do ano, sinto que tenho de me dirigir a vós essencialmente por dois motivos indissociáveis da minha qualidade de presidente da direção do GDEMAM. O primeiro, porque terminou a época 2014/2015, e o segundo porque esta direção e esta composição dos orgãos sociais do GDEMAM terminam também o seu mandato. Vamos ter que eleger novos orgãos sociais para o biénio 2015/2017.

Por força do primeiro motivo, está na altura de efetuar balanços e dirigir agradecimentos. O balanço, do meu ponto de vista pessoal e da restante direção, só pode ser positivo, pois de clube com morte anunciada no final da época passada, ressurgiu um clube pleno de vitalidade e de energias renovadas. Como tive oportunidade de referir por diversas vezes, demos um passo atrás para agora podermos seguir em frente, e o contínuo crescimento deste clube viu-se no findar da corrente época. Não quero de forma nenhuma menosprezar ou retirar mérito às épocas anteriores, nem tão pouco estou a falar de vitórias ou títulos conquistados, mas sim de espírito de união, de um conjunto de pessoas todas unidas a remar na mesma direção e tendo por fim os mesmos objetivos. Por isso atrevo-me a dizer que esta foi a época mais difícil desde que estou neste clube, mas também foi aquela que me deixou com um gosto de satisfação e de sentido do dever cumprido. Provavelmente pelo fato de ser a mais difícil, obrigou-nos a unir esforços e a funcionar como equipa para levar de vencida os inúmeros obstáculos que nos foram surgindo ao longo do trajeto. O sucesso que este grupo desportivo alcançou e a projeção que tem, são fruto de um trabalho árduo e continuado de inúmeras pessoas às quais presto desde já os meus sinceros agradecimentos, em meu nome pessoal e em nome da equipa que tenho o prazer de liderar, correndo o risco de esquecer alguém, mas se assim for queiram desde já aceitar as minhas desculpas mas não foi propositado:

– Aos atletas do GDEMAM, pois sem eles não haveria necessidade de haver clube. O entusiasmo com que vêm para os treinos, a dedicação que colocam ao serviço do clube em inúmeras iniciativas, a entrega que colocam nos jogos e desafios, a alegria e boa disposição que transportam continuamente com eles e elas, fazem com que valha a pena continuar a batalhar e a lutar para que a chama se mantenha acesa;

– Aos pais e mães dos atletas, que estão sempre dispostos a satisfazer as necessidades dos atletas seus filhos, seja através do sacrifício da sua vida pessoal para os trazer e buscar aos treinos/jogos, seja através da sua disponibilidade e boa vontade para colaborar e participar nas iniciativas do clube;

– Aos pais e mães dos atletas, que desinteressadamente e com sacrifício da sua vida pessoal e familiar, estão sempre disponíveis para auxiliar as equipas técnicas do GDEMAM em tarefas burocráticas, como sejam exames médicos desportivos, inscrições e revalidações de atletas, treinadores e enquadramento humano, dados estatísticos de jogos, controlo de equipamentos, gestão do balneário, etc., correndo o risco de deixar algumas tarefas por enumerar. Mas uma coisa eu tenho a certeza, dada a dimensão do nosso grupo desportivo neste momento, sem a preciosa ajuda destes Pais seria muito difícil ter a ‘máquina’ a funcionar perfeitamente;

– Aos treinadores que compõem a equipa técnica deste grupo desportivo, pois também estão sempre à disposição do clube e dos nossos jovens, para que a estes nada lhes falte, e tudo isto também com sacrifício da sua vida pessoal e familiar. Provavelmente se não estivessem connosco e com os nossos atletas, poderiam estar a fazer outras coisas ou a desenvolver outras atividades;

– À Câmara Municipal de Sintra pela sua disponibilidade em nos escutar e pela boa vontade demonstrada na procura de soluções que vão de encontro aos interesses de todos;

– À Junta de Freguesia de Algueirão e Mem Martins pela colaboração prestada ao nível do minibasquetebol principalmente, seja pelo apoio ao Torneio de Natal seja pela disponibilização de transporte aos nossos mini atletas para se deslocarem a Pombal;

– À direção do Agrupamento de Escolas de Mem Martins pelo total apoio e pelo depósito de confiança dada na utilização das suas infraestruturas desportivas, sem exigência de contrapartidas;

– À empresa Novacigás pelo importante patrocínio cedido à nossa equipa Sénior Feminina, sem o qual talvez não fosse possível atingir a Fase Final do Campeonato Nacional da II Divisão e ficar em 4º lugar da classificação. Claro que, os outros clubes que ficaram à nossa frente possuem outro tipo de apoios que lhes permitem ter outros argumentos, aos quais nós ainda não conseguimos fazer frente. No entanto, sem este inestimável apoio, talvez nem à Fase Final tivéssemos ido;

– Por fim, mas não menos importante, a todos os elementos que compuseram os orgãos sociais do GDEMAM no biénio 2013-2015, pois sem a sua força de vontade, voluntariado e disponibilidade não teria sido possível realizar todo o trabalho que foi feito em termos logísticos e administrativos, e que culminaram numa importante recuperação financeira deste grupo desportivo;

– E ainda, aos inúmeros colaboradores do GDEMAM, que de livre e espontânea vontade, estiveram sempre presentes nas mais diversas atividades que levamos a cabo, permitindo também através do seu envolvimento nestas mesmas iniciativas, recuperar e consolidar financeiramente o GDEMAM.

A todos, o meu muito obrigado. Bem hajam.

Está na altura de olhar para o futuro e, em primeira instância começar por eleger os novos orgãos sociais para o biénio 2015-2017. Este grupo desportivo começa a atingir uma dimensão que justifica uma estrutura mais profissionalizada, com tarefas mais descentralizadas e mais especializadas.

Nesse sentido, interessa que as diversas pessoas que vierem a integrar os novos orgãos sociais e demais estrutura diretiva, estejam disponiveis para trabalhar em equipa e em prol da equipa. O rumo que for traçado pelos orgãos sociais, em conjunto com os objetivos definidos pelo departamento técnico, ditarão a grandeza e o sucesso deste grupo desportivo e a sua projeção para o futuro.

Pela minha parte, estou disponível para continuar por mais dois anos. Se vocês assim o entenderem e depositarem em mim a vossa confiança, estou pronto a liderar por mais dois anos este grupo desportivo. Todos vocês já me conhecem, sabem com o que podem contar, conhecem a minha frontalidade, sabem que não me escondo atrás de nada nem de ninguém, conhecem a minha honestidade e acima de tudo, julgo que conhecem também a minha dedicação aos nossos jovens atletas. Mas sozinho não consigo fazer nada nem liderar equipa nenhuma. Necessito de vós, de todos vós. Por isso, convém não esquecer algo que sempre repetimos para nós mesmos, sozinhos caminhamos mais rápido, juntos vamos mais longe.

Obrigado e vamos começar a trabalhar.

Toni