Historial

Partindo de um núcleo de Desporto Escolar que a escola Maria Alberta Menéres formou em 2001 para raparigas do 5º e 6º anos de escolaridade, e na sequência do impacto que teve, quer na própria escola, quer nas outras escolas do Concelho, a Associação Desportiva Escolar de Sintra (ADESintra) em 2003, desafiou a escola Maria Alberta Menéres a lançar um projecto que pudesse envolver alunas de outras escolas que quisessem praticar basquetebol a nível federado. Nasceu assim o antecessor deste Grupo Desportivo, que passou a ser conhecido no mundo do basquetebol por “Escola do Algueirão / ADESintra”.

Calmamente e de uma forma segura, fomos aumentando o número de atletas envolvidas no projeto, participando cada vez com mais equipas nas competições federadas, quer a nível distrital quer a nível nacional, culminando esta caminhada com a formação de uma equipa Senior Feminina a participar na época de 2006/2007 no Campeonato Nacional da II Divisão. Logo nessa época sagramo-nos Campeãs Nacionais, e conquistamos o direito de ascender à I Divisão Nacional.

No entanto, dadas as dificuldades estruturais e financeiras que a ADESintra estava a viver durante o ano de 2010, tornou-se cada vez mais problemática a manutenção desta modalidade na estrutura organizativa desta Associação, fundamentalmente porque se sentia que o Basquetebol estava em crescimento. Assim, um grupo de pessoas originárias da secção de Basquetebol da ADESintra e lideradas por um vasto número de pais cujas atletas vinham fazendo a sua formação desportiva nesta modalidade, apercebendo-se da necessidade de alterar a situação existente para que o Basquetebol continuasse a existir e a crescer, iniciaram o processo de constituição de uma associação desportiva de pleno direito, sem fins lucrativos e independente (Grupo Desportivo Escola Maria Alberta Menéres – GDEMAM), cujo processo de constituição e legalização ficou concluído em 16 de Fevereiro de 2011. Inevitavelmente, este Grupo Desportivo teve que abrir as portas à entrada de atletas e criação de equipas masculinas.

Com mais de 10 anos de existência, o trabalho que tem sido realizado continua fiel aos princípios formativos e de coerência com os valores que uma associação desta natureza deve privilegiar, e tem vindo e continuará a ser desenvolvido com base nos seguintes pressupostos:

  • A ocupação saudável dos tempos livres dos e das jovens em idade escolar;
  • Suprimir a reduzida ou quase nula existência de uma prática desportiva no concelho, especialmente para raparigas;
  • Aproveitar as condições de treino e competição que a escola nos proporciona de modo a satisfazer os interesses e as capacidades dos alunos;
  • A escola representa uma enorme fonte de captação de praticantes e pode proporcionar a descoberta de jovens com potencialidades para o desporto de rendimento.

A formação de jogadores e jogadoras continuará a ser uma aposta inequívoca dos dirigentes e técnicos deste Grupo Desportivo, pois este também deixa de ter razão para existir sem equipas de formação com qualidade e com muitos praticantes. Só desta forma se pode orientar competitivamente todas as equipas, no sentido de se estabelecerem resultados competitivos de relevo nos escalões juniores e seniores, ao mesmo tempo que se vai alimentando a equipa principal do clube com jogadoras vindas dos escalões de formação. Foi desta forma que, em todas as épocas desde 2007, a nossa equipa Senior Feminina participou no Campeonato Nacional da I Divisão, se classificou sempre nos lugares cimeiros, e na época 2010/2011, disputamos a Final desta competição e conquistamos o direito próprio de ascender à Liga Feminina de Basquetebol, a mais alta competição de basquetebol feminino em Portugal. Este objetivo foi atingido com uma equipa de jogadoras oriundas dos escalões de formação deste Grupo Desportivo. Os títulos distritais obtidos nos escalões de iniciadas e cadetes são consequência do trabalho desenvolvido e não um objetivo.

A dinâmica desportiva deste Grupo Desportivo e os resultados obtidos, constituem um grande motivo de orgulho para todos quantos nele trabalham, constituindo uma fonte acrescida de responsabilidades e dificuldades, dificuldades contra as quais lutamos diariamente e que procuramos por todos os meios vencer e ultrapassar. Podemos orgulhar-nos de ser o maior clube a nível do Basquetebol Feminino no Concelho de Sintra, quer pelo número de equipas, 12 equipas em competição, mais de 140 atletas federados e a praticar basquetebol, quer pelos resultados competitivos que temos vindo a obter. E tudo isto porque:

Todas as crianças precisam é de uma pequena ajuda, um pouco de esperança e alguém que acredite nelas.”

Magic Johnson